Mirante Shopping, na antiga Boyes, terá investimento de R$ 360 milhões


Novo centro de compras da cidade deve ser entregue em 2017; projeto prevê também a construção de um hoteljp00

Jornal de Piracicaba 12/02/15 – Danielle Gaioto

A GMR Gradual Malls e Realty anunciou em evento na tarde de ontem o projeto de construção de um novo centro de compras em Piracicaba.

O Mirante Shopping, complexo que também contará com um hotel, terá investimentos acima de R$ 360 milhões e será edificado na área em que funcionava a antiga fábrica de tecidos Boyes. O empreendimento é fruto de uma parceria com empresários piracicabanos e aposta no potencial de desenvolvimento econômico da cidade, que tem se firmado como polo regional em serviços e comércio. A inauguração está prevista para outubro de 2017. As obras para adequação do espaço, que ficou fechado por mais de dez anos, começaram nos últimos dias. A 12

A GMR Gradual Malls e Realty anunciou, em evento na tarde de ontem, o projeto de construção de um novo centro de compras em Piracicaba. O Mirante Shopping, complexo que também contará com um hotel, terá investimentos acima de R$ 360 milhões e será edificado na área em que funcionava a antiga fábrica de tecidos Boyes. O empreendimento é fruto de uma parceria com empresários piracicabanos e aposta no potencial de desenvolvimento econômico da cidade, que tem se firmado como polo regional em serviços e comércio. A inauguração está prevista para outubro de 2017.

As obras para adequação do espaço, que ficou fechado por mais de dez anos, começaram nos últimos dias e devem ser aceleradas nas próximas semanas. Toda a parte de construção histórica será preservada e as novas edificações serão feitas de modo a integrar as áreas do shopping com seu entorno, o que inclui a margem do rio Piracicaba e as ruas do comércio adjacente. Das obras ao início do funcionamento do shopping, deverão ser gerados mais de 2.000 empregos diretos e outros 4.000 indiretos. O lançamento oficial do empreendimento, com início de vendas a investidores, está previsto para maio.

O diretor da GMR Gradual, Guilherme Sahade, ressalta que o Mirante Shopping apresentará ao público um conceito inovador para um centro de compras, privilegiando áreas abertas e preservando a parte histórica da cidade. Ele ressaltou que foram mais de cinco anos de pesquisas e negociações para que o projeto chegasse à etapa atual.

“Com expansão do mercado imobiliário em 2010, enxergamos um potencial muito forte de crescimento em Piracicaba, o que nos fez escolher a cidade. Foram dois anos de negociação com parceiros locais para escolha da área e, em 2013, entregamos o projeto para aprovação do município. Após todas as etapas e modificações, na última semana, o projeto foi aprovado”, informou Sahade.

jp120215Ele citou que a primeira exigência do grupo era de que fosse aproveitado todo potencial turístico da área e, por isso, a opção por um centro de compras diferenciado, que muito mais do que uma unidade voltada exclusivamente para compras, oferecesse lazer, entretenimento, cultura, diversão e alta gastronomia.

O diretor do projeto do Mirante Shopping, Yuri Cerchiari, pontuou que o planejamento do centro de compras respeita a história de Piracicaba ao privilegiar a integração urbana e valorizar a identidade fabril do prédio. “Diante de tudo isso, o Mirante Shopping não poderia ser convencional. Teremos aqui um boulevard, com lojas em área aberta, praça de alimentação voltada para o rio e um projeto que permitirá a mobilidade urbana”, disse.

Ele informou que serão mantidos o máximo de elementos históricos do prédio, com intervenção de uma arquitetura urbana moderna, e que todo o projeto teve acompanhamento e a aprovação do Condepac e do Condephaat, órgãos de preservação do patrimônio histórico.

O sócio proprietário da Semma, empresa responsável pela gestão do novo shopping, Marcos Semezin, reforçou que um estudo feito pelo Ibope confirmou o potencial de Piracicaba e que todas as operadoras contatadas pelo grupo já se mostraram dispostas a abrir a primeira ou a segunda unidade comercial da cidade no centro de compras.

EMPREGOS — O prefeito Gabriel Ferrato (PSDB) reforçou que a construção do novo centro de compras gerará à cidade milhares de empregos imediatamente. “Além disso, também teremos na cidade um patrimônio histórico que passará a ser utilizado novamente. Um terceiro ponto que destaco é a interligação do projeto ao rio Piracicaba, o que valorizará o entorno e também o turismo”, disse. O empresário e presidente da Acipi (Associação Comercial e Industrial de Piracicaba), Angelo Frias Neto, que auxiliou o grupo desde suas pesquisas em Piracicaba, citou que o novo shopping deverá atrair novas e grandes empresas para Piracicaba, fomentando o desenvolvimento do município e gerando mais emprego e renda.