Noite de lançamento do Empreendimento Parque Oeste torna realidade o 1º shopping center de Luís Eduardo Magalhães


By Immagine | 

Aconteceu na noite desta quinta-feira, 28 de maio, o lançamento oficial do Empreendimento Parque Oeste, projeto que engloba o 1º shopping center de Luís Eduardo Magalhães além de um loteamento com condomínios residenciais, lotes comerciais, hotéis e um hipermercado. O evento organizado pela assessora Bia Muller foi realizado no Buffet Olavo Nascimento para aproximadamente 180 pessoas, entre autoridades, convidados e imprensa regional. O empreendimento é uma parceria entre a Plus Construtora e Incorporadora e a Cooproeste – Cooperativa Agropecuária do Oeste da Bahia, com apoio da Prefeitura Municipal de Luís Eduardo Magalhães.DSC_1308-257-Copy

Depois de muita especulação, finalmente o primeiro shopping center da cidade é uma realidade e os munícipes podem aguardar sua inauguração para o segundo semestre de 2018. Segundo André Pedrosa, sócio proprietário da Plus Construtora, o projeto já vem sendo estruturado há 04 anos. “O primeiro passo neste projeto foi analisar as cidades de maior potencial econômico e Luís Eduardo Magalhães destacou-se pelo seu desenvolvimento acelerado. “Sou produtor rural na região há 11 anos e acompanho o crescimento desta cidade ao ver a cada visita novas construções e um mercado aquecido. Depois de diversas pesquisas de mercado e estudos técnicos comprovamos a viabilidade da implantação do shopping na cidade. Então iniciamos a busca pelo melhor local para a construção do empreendimento e conseguimos, através da parceria com a Cooproeste, implantar o projeto em um terreno de 370 mil m² na área central da cidade. O empreendimento tem localização privilegiada e está ladeado por importantes ruas e avenidas e em frente à BR 020/242”.

DSC_1377-316-CopyO Shopping Parque Oeste tem investimento inicial de 120 milhões e terá, em sua 1ª fase, dois pisos em uma área total construída de 18 mil m² + estacionamento, além de um hipermercado em anexo. Os 12 mil m² de área locável incluem o térreo com 100 a 120 lojas e um restaurante e área de lazer no 2º andar, com 04 salas de cinema,playcenter e lojas na praça de alimentação. Diferente do loteamento, o shopping é uma parceria entre as empresas Plus Construtora, Objetiva Consultoria e Oliveira & Becker. Durante a apresentação da noite Eduardo Gomes da Semma, empresa responsável pela comercialização do shopping, divulgou números e dados que demonstram o impacto econômico de shopping centers em um período de 04 anos. “A valorização imobiliária no entorno do shopping é de 80% e no restante da cidade, 55%. Municípios com shopping apresentam um crescimento de 34% de novas empresas e 67% do total de empregos contra 14% e 32%, respectivamente, em municípios sem shopping. O Shopping Parque Oeste vai gerar 1.900 empregos diretos e até 3.800 empregos indiretos após a sua expansão total”, afirmou. Já o loteamento prevê condomínios residenciais, um de casas de alto padrão e outro de prédios, além de lotes comerciais às margens da BR 020/242.

A comercialização do shopping deve iniciar dentro de dois meses com um plantão de vendas no local e outro, em SP, para dialogar com grandes empresas e investidores. O lançamento oficial do shopping acontecerá em setembro deste ano e na ocasião serão divulgados alguns nomes confirmados para o empreendimento que comportará, ainda na primeira fase, duas lojas âncoras e quatro megalojas. “É importante reforçar que não existe venda de loja no shopping. Todos os espaços são alugados. Já iniciamos negociações de grandes marcas interessadas no Parque Oeste, como o cinema e lojas de departamento e fast fashion”, explicou Gomes. Julio Cesar Pinto, também sócio proprietário da Plus, afirmou que os valores serão compatíveis com a realidade regional. “Durante a Bahia Farm Show devemos estar divulgando os valores para interessados no empreendimento. Mas são valores compatíveis com o mercado e os comerciantes beneficiam-se ainda com um espaço planejado que reúne conforto, segurança e grande fluxo de clientes”.

O presidente da Cooproeste, Jorge Tadashi Koyama, relembrou a história da cooperativa e comemorou esse novo momento para os cooperados e para o desenvolvimento da cidade. “Em 1995 iniciamos as atividades da cooperativa visando atender às deficiências de armazenagem agrícola, beneficiamento e comercialização de grãos. E hoje iniciamos agora um novo ciclo, não só na Cooproeste, mas em âmbito cultural e comercial em nossa cidade, com mais opções de lazer e diversidade de lojas e serviços”.

Encerrando os discursos o prefeito municipal Humberto Santa Cruz expressou sua satisfação em fazer parte deste momento célebre. “Aqueles que acreditam na nossa cidade e no nosso potencial vão perceber a grande oportunidade de negócio e desenvolvimento que esse empreendimento representa. Muita gente questiona o empreendedor que arrisca e investe em tempos de crise, mas é agora que o empreendedor mostra o seu valor e a sua coragem. São eles que enxergam longe e colherão os frutos no futuro. Hoje Luís Eduardo Magalhães continua crescendo mais de 8% e vai continuar surpreendendo a todos com seu desenvolvimento”. O apoio do prefeito e dos empresários Jacob Lauck e Antonio Franciosi foi destacado pelos sócios do Empreendimento Parque Oeste, que agradeceram publicamente a eles e a todos que possibilitaram a realização deste projeto.DSC_1419-348-Copy

Os representantes das empresas juntamente com o prefeito Humberto Santa Cruz apresentaram, por fim, a maquete do Empreendimento Parque Oeste, a todos os presentes. “Hoje estamos realizando um grande sonho. Muitos nos questionaram se não seria melhor levar esse shopping para Barreiras. Se pensarmos no hoje, a cidade certa poderia ser Barreiras. Mas como pensamos no futuro, a cidade certa é Luís Eduardo Magalhães. O Parque Oeste é um empreendimento de médio e longo prazo que fortalecerá o desenvolvimento dessa jovem cidade”, finalizou André Pedrosa.