01/05/2015

Planejamento

O planejamento apropriado é fundamental para a redução de custos de implantação e operação, bem como para garantir a intimidade do shopping com seu futuro público consumidor. A Semma proporciona a seus clientes os seguintes serviços:

Identificação de Mercado 

Baseada em conceitos de análise de informações gráficas geo-mercadológicas e polarização gravitacional, a empresa desenvolve estudos para a identificação de mercados e definição da vocação comercial de cada ponto em análise.

Através dessa tecnologia é possível mensurar, com adequada precisão, variáveis mercadológicas importantes, que corretamente avaliadas definem o perfil apropriado do empreendimento para o mercado. Dentre inúmeras análises, destacamos:

  • Delimitação da Área de Influência.
  • Identificação da oferta e demanda.
  • Identificação e mensuração da concorrência.
  • Mensuração da renda e hábitos de consumo.
  • Mensuração do mercado já atendido Identificação da renda residual disponível.
  • Projeção dos potenciais de consumo.

A localização e correta mensuração do mercado potencial é o primeiro passo para a viabilização de qualquer empreendimento de varejo. A delimitação precisa de sua área de influência é vital para a determinação do público a ser atendido, sobre o qual são desenvolvidos os estudos mais detalhados de mercado.Nesses estudos, a empresa avalia não somente a opinião, os hábitos de compra, e os desejos do consumidor, mas também sua capacidade real de consumo, ou mercado residual, determinado através de dados sócio-econômicos que englobam desde sua renda até o mercado já atendido.

Dimensionamento 

O dimensionamento planejado de um shopping center proporciona ao empreendedor uma maior rentabilidade e conseqüentemente um retorno mais rápido do investimento. É importante dimensionar cada etapa do empreendimento compatível com o mercado em desenvolvimento. O dimensionamento preciso de sua primeira fase e futuras expansões minimiza os investimentos iniciais, e maximiza o resultado através da redução dos custos operacionais. 

Estudo Arquitetônico

Com as informações do estudo de mercado e com a tecnologia própria no setor, a empresa orienta o arquiteto responsável para que o shopping center seja projetado racionalmente, segundo as expectativas do público alvo do empreendimento, utilizando soluções modernas que minimizem os custos de construção e operação, dentro dos critérios mundiais de qualidade, respeito ao consumidor e meio ambiente.

Definição do Tenant Mix

Este é sem dúvida o ponto mais importante do planejamento de um shopping center. É através dele que determinamos a vocação comercial do negócio, que público consumidor vamos atender, e como fazê-lo.

O tenant mix do shopping center é planejado com base nos dados do estudo de mercado, a fim de oferecer ao público freqüentador o perfil de lojas, serviços e demais operações desejadas, visando também gerar uma circulação adequada entre todas as áreas do empreendimento.

Viabilidade econômico-financeira

Com as informações do mercado residual, dados físicos da área disponível, zoneamento e legislação local, é elaborado o estudo de viabilidade econômico financeira.

O estudo de viabilidade projeta para um período de 12 anos todo o comportamento do negócio, incluindo a fase pré-operacional com todos os custos para a implementação do empreendimento, e sua operação até o detalhe da projeção mensal de resultados. Com todas estas informações e um conjunto de indicadores precisos como taxa interna de retorno, tempo de retorno do investimento, retorno médio do capital investido e outros, os empreendedores e investidores passam a possuir uma ferramenta que indica com clareza a rentabilidade e os riscos envolvidos no negócio.

O estudo de viabilidade econômica aliado a um rígido cronograma físico-financeiro, incluindo custos de construção e de operação, fontes de financiamento e previsão para lucro, asseguram ao empreendedor o retorno do seu investimento. Clique aqui e baixe um breve demonstrativo do estudo de viabilidade.

Estruturação Jurídica

O desenvolvimento correto do instrumental jurídico em conformidade com as necessidades de investidores, empreendedores e mercado, proporciona um bom relacionamento entre lojistas e gestores, minimiza custos e previne demandas de longo prazo. Desenvolvemos os seguintes trabalhos nessa área:

  • Elaboração da convenção de condomínio.
  • Elaboração da tabela de Coeficientes de Rateio de Despesas (CRD).
  • Elaboração da escritura de normas gerais regedoras das locações.
  • Elaboração do regimento interno.
  • Elaboração do estatuto da associação de lojistas.
  • Elaboração dos modelos de contrato de locação.
  • Elaboração dos modelos de contrato de cessão de direitos.

Desenvolvimento do Projeto 

Para o desenvolvimento do projeto e para que ele se transforme de papel em negócio rentável, a empresa atua em diversos pontos de extrema relevância para o sucesso do empreendimento:

  • Estabelecimento de plano estratégico de publicidade e ou de relações públicas para o lançamento e sustentação da fase de comercialização do projeto.
  • Desenvolvimento, junto ao empreendedor de Tabela de Comercialização (preços e condições).
  • Elaboração da estratégia de comercialização.
  • Estabelecimento do comitê de análise e aprovação de propostas de locação.
  • Acompanhamento do processo de comercialização do empreendimento, com participação no comitê de análise e aprovação.
  • Participação em todo o desenvolvimento, assessorando os empreendedores tanto comercialmente quanto em todos os aspectos de coordenação geral do empreendimento.

 

Planejamento e Desenvolvimento de Fachada Ativa (SP)

O novo plano diretor do Município de São Paulo cria a oportunidade de exploração comercial das fachadas dos edifícios, sem utilizar a área computável de seu projeto, proporcionando a implantação de áreas comerciais significativas em projetos de médio e grande porte. Desenvolvemos a tipificação e dimensionamento desse varejo específico a ser instalado, considerando mix, localização e faseamento, de forma que as operações sejam autossustentáveis, embasadas na demanda projetada. O dimensionamento e tipificação do varejo leva em consideração os seguintes pontos relevantes:

  • Master plan e premissas estabelecidas na etapa dimensionamento de ocupação.
  • Dimensionamento das áreas de vendas das operações conforme critérios aplicados ao varejo, considerando:

A ocupação em cada fase do projeto;
As classes socioeconômicas dos ocupantes e da população flutuante;
Os hábitos de consumo baseados na Pesquisa de Orçamentos Familiares (POF – IBGE);
Indicadores de presença das principais ocupações varejistas, principalmente as de conveniência por serem as de maior necessidade inicial;
Crescimento projetado das populações fixa e flutuante;
Efeito de polarização do varejo instalado sobre o entorno.