Shopping Parque Oeste inicia negociação com grandes franquias e planeja lançamento oficial para setembro


By Immagine | 

Depois do pré-lançamento do Empreendimento Parque Oeste, na última quinta-feira de maio, empresários da região buscaram maiores informações comerciais sobre o 1º Shopping de Luís Eduardo Magalhães. Conversamos esta semana durante a Bahia Farm Show, com Renato Bauab, gerente comercial da Semma, empresa responsável pela comercialização do Shopping Parque Oeste. O Shopping Parque Oeste, uma parceria entre as empresas Plus Construtora, Objetiva Consultoria e Oliveira & Becker, será construído às margens da BR 020/242 na área central da cidade e terá um investimento inicial de 120 milhões. Para quem desejar maiores informações, há uma equipe completa no stand do empreendimento na feira até sábado, 06 de junho.IMG_7217

Immagine – Não temos, hoje, nenhum shopping center na região oeste da Bahia. Por isso, há muitas dúvidas sobre a comercialização e funcionamento do Shopping Parque Oeste. Como funciona a comercialização e distribuição de lojas?

Renato Bauab – Antes de tudo é preciso deixar claro que não há venda de lojas no Shopping Parque Oeste. Nós alugamos espaços comerciais seguindo um planejamento estratégico da distribuição das atividades comerciais, conhecido por tenant mix, para promover a concorrência saudável dos lojistas dentro do shopping. O tenant mixenvolve o estudo, análise e escolha de lojas e operações que sejam complementares, distintas, harmônicas e balanceadas para atender às necessidades da demanda deste mercado específico com a finalidade de estabelecer um mix atraente, competitivo e rentável para todos dentro da estrutura do shopping.  Nós já estamos em contato com algumas grandes franquias interessadas no empreendimento e os lojistas regionais interessados podem nos procurar aqui no stand do Empreendimento Parque Oeste na Bahia Farm Show até sábado ou fazerem o cadastro no site da Semma, na área “Seja nosso Lojista”.

Immagine – Qual será a capacidade do shopping na primeira fase?

Bauab – Na primeira fase, ou seja, na abertura prevista para o segundo semestre de 2018, teremos 13 mil m² de ABR – Área Bruta Locável com 2 lojas âncoras, 4 megalojas, cerca de 70 lojas satélites, 1 restaurante, aproximadamente 11 lojas de fast food e self serviceplaycenter e 4 salas de cinema, além de 1 supermercado anexo ao shopping. Esses números podem variar de acordo com as negociações.

Immagine – Quando será o lançamento oficial do Shopping Parque Oeste e o que será divulgado na ocasião?

Bauab – O lançamento oficial terá sua data confirmada em breve, mas deve acontecer em setembro deste ano. Iremos divulgar algumas marcas confirmadas no shopping, como as lojas âncoras, alguma megaloja e rede de fast food, que fazem parte da ancoragem do shopping.  Também iremos iniciar formalmente as negociações comerciais.IMG_7218

Immagine – Qual é a duração mínima do contrato entre shopping e lojista e quais as vantagens para quem fechar contrato próximo ao lançamento oficial, em setembro?

Bauab – A duração é de 05 anos, com preferência de renovação. Ou seja, o lojista tem preferência renovatória assegurada por lei. O Shopping Parque Oeste vai seguir um cronograma de reajuste da tabela de valores que irá variar de acordo com o tempo e a procura. O que posso adiantar é que o primeiro reajuste acontecerá após o 1º ano do lançamento oficial do shopping. Quem se antecipar e iniciar as negociações com brevidade, irá se beneficiar com um valor menor e poderá escolher um espaço melhor localizado.

Immagine – O que o lojista pode esperar quanto aos valores praticados pelo shopping?

Bauab – Ainda não podemos divulgar os valores, mas adianto que serão compatíveis com a realidade luiseduardense. O investimento do lojista se dá em dois momentos; o primeiro é o CDU – Cessão de Direito do Uso, valor pago a partir do contrato fechado, o segundo é o aluguel propriamente dito. O shopping também tem custos diferenciados de uma loja de rua, como o condomínio que inclui despesas como segurança, limpeza e manutenção das áreas comuns e o fundo de promoção, verba que financia as campanhas do shopping. Esses valores são calculados de acordo com o CRD – Coeficiente de Rateio de Despesas, que varia em função do tamanho e fração de uso de cada espaço. É importante lembrar o lojista que a loja de shopping produz 60% a mais do que na rua. O shopping funciona em torno de 82h semanais contra 51h da loja de rua, além de oferecer um espaço confortável, climatizado e seguro ao consumidor. Isso faz com que a força de venda seja muito maior, pois o cliente tem tempo e vontade de apreciar a vitrine e conhecer os produtos.IMG_7220

Immagine – Além do site da Semma, como os empresários poderão obter maiores informações comerciais sobre o shopping?

Bauab – Estaremos com dois pontos comerciais para comercialização do Parque Oeste. Um em São Paulo, para negociar com grandes franquias e, outro ponto local, que será construído no terreno do shopping para negociar com lojistas locais.